Restaurante Jacó

 
 

 Junta-se a fome com a vontade de comer……


…… e nasce o Jacó!


Ambos gostamos de boa comida, 


já comemos em inúmeros restaurantes,

já viajámos por vários Países,

conhecemos diversas culturas gastronómicas,

começámos a cozinhar cedo,

gostamos de cozinhar,

cozinhamos por paixão.

Antes, todas as sextas feiras havia jantares em nossa casa. Eram aguardados com expectativa e concorridos tanto quanto a dimensão da mesa permitia. A razão destes jantares existirem era a vontade de conviver com os amigos. E qual o sitio ideal para conviver se não a mesa? E se os “convivas” gostarem de boa comida? E se os anfitriões forem bons cozinheiros? Já temos os ingredientes todos….. Testemunho disso são os nossos amigos que ainda hoje se queixam das saudades daqueles jantares. Amigos que foram os primeiros a incentivar-nos quando falámos da hipótese de abrir um restaurante.

E de repente, em finais de 2001 surgiu uma hipótese!

Eis que nasce o “ JACÓ”.

Pegámos numa taberna que já existia desde os anos setenta, fizemos obras para a pôr “apresentável” e começámos a  trabalhar para disponibilizar a quem nos visitasse, o mesmo prazer que dávamos aos amigos: a mesma boa comida que servíamos em casa, cozinhada com os mesmos ingredientes e a mesma paixão.

De inicio, ainda tentámos encontrar um cozinheiro ou cozinheira que conseguisse “encaixar” a nossa filosofia e as nossas receitas, ou seja, cozinhar à nossa maneira. Foram várias tentativas, todas elas falhadas. Até que chegámos à conclusão que se não fizéssemos como fazíamos em casa, não iríamos longe.

A cozinha ficou então à cargo da Carla. E passou-se a comer bem! E a prova é que os elogios no livro de honra do Jacó são muitos e no site do Escape do semanário Expresso

http://aeiou.escape.pt/lisboa/restaurantes/jaco:5-322095

e no site do Tripadvisor 

http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g1762881-d3567126-Reviews-Jaco-Linda_a_Velha_Lisbon_District_Central_Portugal.html 

vários são os clientes que deixaram notas positivas.

Todos os pratos da cozinha tradicional portuguesa que aqui se fazem, são confeccionados segundo receitas originais, fruto de uma constante pesquisa. Os outros …..  os outros são fruto da nossa imaginação, mas sempre com  cariz conservador. Não há nada de “nouvelle” na nossa comida. É tudo à moda antiga!

Porque, no fim, a nossa maior satisfação consiste em ver os pratos vazios, ouvir os elogios e ter a certeza que quem por aqui passa não se vai esquecer de nós.

……… e se comer tudo, há mais na cozinha!